Abraço, incrédula, o escuro

 

Não sei com que critério Deus me fez assim o coração. Talvez um dia a caixa de escuridão que me ofereceste me venha a ser ferramenta. Deus talvez tenha um plano, afinal.
Amo-te com este coração que nem eu entendo, enquanto abraço, incrédula, o escuro que me deste.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s