O pior sentimento do mundo?

Desapego. (se estivermos a falar das merdas do coração). O desapego é prepotente, é um grande cabrão. Não se deixa contrariar com brunches  ao domingo nem com um menú de degustação no Belcanto. Não oferece flores nem arrisca convites para cinema. O desapego não dá ouvidos a ninguém nem acata ordens. Esperneia logo.  Leva tudo à frente, sem fazer um único som. Ataca pelas costas, chega manso e arromba tudo. Desapego. O desapego é um covarde que nunca amou. Um mimado que não sabe quanto custa a fatura do egoísmo. Um rapazinho que ainda não perdeu ninguém. Desapego. Até o nome é irritante. Desapego.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s